Personalidade

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Na verdade eu acho que nunca tive meio termo, não sei contar quantas qualidades já me deram e quantos defeitos, nunca sei quais deles são reais e quais não são, então nunca sei ao certo se me ofendo ou não, afinal aos olhos de cada um, eu sou uma pessoinha, aos olhos de cada um, sou de um modo único... Defeitos e qualidades tornam-se muito relativos, tornam-se padrões que eu nunca quis seguir, já ouvi ser grossa e carinhosa, já ouvi ser fria e quente, já ouvi ser indecisa e determinada, já ouvi ser orgulhosa e orgulhosa (isso não costuma variar), já ouvi amor demais e nenhum amor, não ligo de ser taxada de uma eterna metamorfose afinal sou assim, extremamente adaptável ao mundo, adaptável a você, adaptável a mim...

Lamento ser assim, ou não, na verdade não lamento de muitas coisas, afinal as boas e as ruins me trouxeram ate aqui, me fizeram ver e viver tudo que passei, então não lamento, e espero que ninguém lamente, mesmo que lamente ter me conhecido, não lamente por eu ser como sou...

3 comentários:

  1. sei la disse...:

    Ah você é a pessoinha mais mais ah você e a Paty que muitos gostam e outros odeiam

  1. Ah o importante é ser quem vc quer ser.
    Sempre vai ter gente pra gostar ou desgotar, isso é normal.

    :D

  1. As pessoas te odiando ou te amando seja voce mesma
    Beijos e uma otima semana
    .....................
    www.rimasdopreto.blogspot.com

Postar um comentário

Oi pessoinha? Que boom, que você está passando por aqui... \o