Meu querido diario... - Familia

quarta-feira, 3 de junho de 2009
Na verdade hoje nem passava pela minha cabeça escrever algo, mas como alguns fatos ocorreram, entao resolvi postar...
(deixei esse nome pra essa sessao, que sera meio que como um diaria mesmo, de pensamentos e tals... espero que gostem, aaah como sei que as pessoas nem sempre abaixam pra ver as postagens anteriores, a de baixo eh agradecendo meus seguidores, entao se vc me segue vale a pena olhar sim! ^^) entao...
Meu querido diario (virtual)...Hoje vou falar dos meus pais, na verdade não conheco nenhum adolescente, ou quase adulto que nao tenha do que se queixar dos seus pais, uns que eles preendem demais, outros que nao ligam pra eles, que só trabalham, que só viajam, que são caretas, que são muito avaçados, enfim, a gente tem muitas formas de falar neh?
Os meus, bem a gente se da beem, talvez faxada não sei, mas seria comum, vocês me veram no cinema com eles... mesmo eu tendo 17 anos, gosto de sair e ir a lugares com eles, e nao é pelo fato do cartao de credito ou algo desse tipo, me dou beeem mesmo, ou quase bem...
Tipo tem algo nos meus pais, que acho que eles acabam nem percebendo direito que me faz mal, mas me faz, e não to flaando de mudar, porque quem me acompanha, sabe que nos ultimos dois anos estive em 3 estados diferentes... Nao é bem isso, é algo beeem mais sentimento, algo beem mais profundo...Sabe, acho que sou muito sonhadora, daquelas do tipo, muiito mesmo, e seempre fui atras, minha mae é daquelas que se ve que você precisa dela, ou cai fora, ou ajuda e depois joga na cara, e meu pai, hááá ele trabalha seempre, então como sou de falar muito (deu pra ver ne?) eu seempre tive muitos amigos, e sou de fazer reunioes, multiroes, "vamos todas juntas fazer e tals"... mas como tenho mudado muito, esse tipo de relaçao não se constroi do dia pra noite, tenho meio que divido esses sonhos com ele... quer dizer tentado, é complicado, quando nao te apoiam, ou você acaba ouvindo comentarios, até piadinhas... Por mais inofensivos que isso pareca, claro eu to meio que dramatizando aqui, contando a minha versao... É ruim., eu tenho a necessidade, de apoio, (porque quando alguem que eu nem conheco precisa, eu apoio, sou meio louca, me dedico demais as pessoas, e já quebrei muito a cara por isso - mas essa já é outra história),e não é bem assim, entende?
Acho que já escrevi demais por hoje e sobre o outro post: "acredite nos seus sonhos", adorei a todos aqui que me apoiram, e acho que entenderam agora porque eu fiquei tão balancada pelo comentario da mulher...
Beijo, e até a proxima meu querido diario...

5 comentários:

  1. Flaviana disse...:

    paty. adorei o texto, mtu bom, isso eh beem verdade, mas eh como a minha mãe diz: Um dia vamos ter filhos e eles vão pensar a mesma coisa de nós, eu eh claro discordo como toda jovem, mas no fundo eu sei que eh verdade.
    vou te seguir, passa no meu?
    flaviitah.blogspot.com

    num atualizei ainda, pq so vou atualizar depois do niver do meu namorado, que eh amanhã. eh q o ultimo post eh uma homenagem a ele :D
    confere la?
    bjs cat;

  1. /jeeh disse...:

    oooii :D
    adorei o texto e é bem verdade isu msm.
    bom so nova aki nu blog..da uma passadinha la nu mueo..
    obrgado querida
    Bjo até ^^

  1. Olá,
    Encontrei seu blog pelo ALL THIS THINGS.
    Muito lindo seu blog, adorei.
    Estou seguindo, tudo bem?
    Bj

  1. Ice disse...:

    isso me lembra aquela musica: Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos ainda somos os mesmo e vivemos como nossos pais! =~
    asduhasudh

    Mas nem se abale nao flor!
    \o/ pra tudo tamae!

    Meo agoa que vi o post anterior a esse que legal querida, fico mega feliz de vir sempre aqui e tal sempre bom ter amigos \o/


    bjao linda

  1. Mandy © disse...:

    Selinho pra vs no meu blog!
    =*

Postar um comentário

Oi pessoinha? Que boom, que você está passando por aqui... \o